segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

EMT Eventos divulga data da 2ª Edição da HQ FEST em Indaiatuba - SP.


Marquem na agenda: Dia 15 de Setembro de 2018 a 2ª Edição da HQ FEST em Indaiatuba!

Os quadrinhistas que estiverem interessados em participar da HQ FEST 2018, enviem um e-mail para: estudioemt@gmail.com.

Edição Online Nº 31 da Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia

Com sucesso, chegamos à edição 31, a última de 2017, da Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Nesta edição temos como destaques de capa o autor Wilson Sylvah, Valéria Gravino e o escritor Luis Carlos Amorim.
Esta edição está um luxo! Composta por mais de 40 autores, estamos divulgando entrevistas, livros, textos em prosa e em versos... LITERATURA!
Hoje, a revista Divulga Escritor é uma das principais revistas literárias da lusofonia, com conteúdo exclusivamente literário. O editorial se destaca por sua qualidade e profissionalismo.
Distribuída gratuitamente para todos que acessam a internet, a revista tem alcançado um público leitor cada vez maior. Consolidada, vamos rumo a 2018, desejando a todos um ano próspero, repleto de novas conquistas, paz, saúde e felicidades.
Juntos, vamos ler e divulgar a revista literária da lusofonia e apoiar nossos escritores contemporâneos.

Divulga Escritor: revista literária da lusofonia, uma revista elaborada por escritores, com distribuição gratuita para leitores de todo o mundo.

Para participar da próxima edição escreva para nosso editorial, que apresentaremos proposta:

Clique no link abaixo para leitura da Revista. Boa Leitura!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Novo e-book em quadrinhos “Turma do Gabi – Especial” no Amazon


Isso mesmo, o Estúdio Emt está lançando neste final de ano o e-book em quadrinhos “Turma do Gabi – Especial”, contendo as melhores aventuras dessa galerinha, que no ano de 2018 estará completando 43 anos de existência.

Criado pelo cartunista e escritor Moacir Torres em 1975, essa turminha do bem, já fez muito sucesso em Jornais, Revistas e Livros publicados no Brasil, Portugal e Espanha.

Até hoje os personagens de Torres continuam conquistando a simpatia de crianças e adultos, com suas animações no Youtube e em muitos outros produtos.

Para adquirir o e-book basta acessa este link: https://www.amazon.com.br/dp/B077V2JP9L

SERVIÇO:
Turma do Gabi Especial
Autor: Moacir Torres
Editora Emt/Kindle

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

1º Encontro de Escritores e Desenhistas ocorre em João Pessoa


As histórias em quadrinhos são uma linguagem artística que tanto pode ter como método a produção solitária, na qual um único quadrinhista é responsável por todas as etapas; quanto a produção em grupo, com diversos artistas que se revezam nas funções necessárias para fazer uma HQ, como argumento, roteiro, desenho, arte-final, colorização e letreiramento.
Para produzir, cada um necessita estar concentrado na prancheta ou no computador, e é natural que às vezes faltem oportunidades para conhecer outros profissionais, conversar com eles sobre suas ideias e gerar juntos novas obras. Então muitos roteiristas ficam com suas histórias paradas procurando um desenhista, enquanto ilustradores que gostariam de produzir quadrinhos não o fazem, à espera de uma ideia.
Para promover essa união, o projeto Tertúlia HQ de dezembro realiza o 1º Encontro de Escritores e Desenhistas. O evento acontece no sábado, 2 de dezembro, das 15h às 18h, na Gibiteca Henfil (Espaço Cultural José Lins do Rego), em João Pessoa/PB, e tem entrada gratuita.
A Tertúlia HQ se estabelece como um espaço para o diálogo a respeito das histórias em quadrinhos. É aberta para a contribuição de todos, não se caracterizando como uma oficina ou palestra, mas um momento de compartilhar e receber conhecimento. A atividade é aberta para qualquer pessoa interessada, sem custos e sem restrições de idade. Fonte: UniversoHQ.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

PREVIEW - GATILHO, UM WESTERN DE CARLOS ESTEFAN E PEDRO MAURO

“Um caçador de recompensas chega numa cidade abandonada em busca de justiça. Mas, para conseguir o que quer, ele precisará enfrentar muito mais do que o homem que procura... Terá que exorcizar fantasmas do passado.”

Essa é a sinopse de GATILHO, uma das HQs nacionais que eu estou mais ansioso para ter em mãos. Minha entrada no mundo dos quadrinhos se deu com Tex (não, eu não li Mônica na infância) fui jogado direto no faroeste ao estilo Bonelli, com aquela arte deslumbrante em preto e branco e muito chumbo quente. GATILHO, como diz no título deste post, é uma HQ com roteiro de Carlos Estefan (roteirista da MSP) e com os desenhos de Pedro Mauro (que já entrevistamos na Quadrinhosfera, confira a matéria clicando AQUI!). 

Como ainda não li a HQ, o roteiro é uma incógnita, mas confio no Carlos e acredito que deve ser excelente, contudo já podemos espiar, aqui mesmo nesse post, essas lindezas que são os quadros da HQ, desenhados pelo mestre Pedro Mauro.

Pedro é o cara que eu mais quero ver desenhando um Texone (edição especial e em formato gigante de Tex) e como ele já vem colaborando a Bonelli há um tempo, ainda tenho esperança do pessoal da Itália dar esse presente para seus leitores. Por agora vamos nos maravilhar com um tira gosto de GATILHO!

Apesar das evidentes referências aos filmes de Sergio Leone e o faroeste das décadas de '60 e '70, GATILHO promete trazer uma abordagem diferente da que estamos acostumados a ver no gênero. 

Pra quem estiver na CCXP fica a recomendação, passe na mesa do Pedro e do Carlos e garanta essa HQ, satisfação certa. Quem não puder ir ao evento pode mandar um e-mail para gatilhohq@gmail.com e entrar na lista de espera e obter mais informações sobre como adquirir. Mais um exemplo da qualidade fenomenal das produções 100% Brazuca. 

Fica aqui os meus parabéns aos autores e o meu pedido para que você, leitor, compartilhe esse post em suas redes sociais pra divulgar esta HQ nacional. 

Post feito por Luan Zuchi

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Editoras Brasileiras participam de 31ª Feira Internacional do Livro de Guadalajara.



Editoras brasileiras participam da 31ª Feira Internacional do Livro de Guadalajara
A Feira Internacional do Livro de Guadalajara traz, todos os anos, oportunidades de negócios para as editoras brasileiras participantes por meio do projeto Brazilian Publishers, uma parceria da Câmara Brasileira do Livro com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Esta edição da feira acontece de 25 de novembro a 3 de dezembro.

Como no ano passado, o estande brasileiro estará integrado com o estande do Ministério das Relações Exteriores (MRE) e contará com 14 editoras brasileiras de diferentes segmentos.

Com o objetivo de ampliar a presença da produção editorial brasileira no exterior, os expositores poderão ter contato com profissionais dos principais países da América Latina, do México e Estados Unidos para apresentar seus livros e negociar direitos autorais. Além disso, as empresas apoiadas pelo Brazilian Publishers participarão de um matchmaking, no dia 26 de novembro, também com editoras latino americanas.

Segundo o presidente da CBL, Luís Antonio Torelli, o balanço positivo registrado na Feira do Livro de Frankfurt deste ano reforça a expectativa das editoras brasileiras com relação ao sucesso do evento em Guadalajara.  “Nossa expectativa é atingir 360 mil dólares em exportação de direitos autorais e livros físicos realizados durante o evento e previstos para os próximos 12 meses”, destaca.

Nos dias 28 e 29 de novembro, Mariana Warth da Editora Pallas, uma das empresas apoiadas pelo Brazilian Publishers, participará das mesas “Fórum de design editorial internacional” e “Encontro de editores infantis e juvenis” que fazem parte da programação oficial do evento.
Além disso, a Feira Internacional do Livro de Guadalajara contará com mais uma edição do Projeto Destinação Brasil, no qual os autores Bernardo Carvalho e Miguel Sanches Neto, a convite do Brazilian Publishers, serão responsáveis por retratar a diversidade do País em debates durante o evento.

A editoras brasileiras que estarão presentes este ano na Feira de Guadalajara são: IMEPH, FTD, Pipoca, Ubook, Edusp, Global, Melhoramentos, Callis, Sesc, Pallas, Editora do Brasil, Cortez e Sesi/Senai SP. Fonte: http://cbl.org.br

Lançamento - A Herança Becker - Magno Costa e Marcelo Costa - Zarabatana

Zarabatana Books chega ao final de 2017 com dois títulos inéditos e um relançamento.

Começando pela longeva Macanudo, do argentino Liniers. A série começou a ser publicada pela editora em 2008, e agora chega ao nono volume.

Nesta nova edição (formato 21 x 21 cm, 96 páginas, R$ 48,00), desfilam uma infinidade de personagens insólitos e divertidos: a menina Enriqueta, com seu gato Fellini e o ursinho de pelúcia Madariaga; O Misterioso Homem de PretoAs Verdadeiras Aventuras de Liniers, nas quais o autor desenha a si próprio com orelhas de coelho e que se tornou sua marca registrada; Martinzinho e seu amigo imaginário Olga; a série Coisas que Podem ter Acontecido a Picasso, com situações surreais vividas pelo grande artista; Conceitual Incompreensível, uma série de HQs nonsense; Alfio; Pan Chueco; Os Altos; centenas de duendes, pinguins e seres estranhos; e tudo o mais que brotar da imaginação do autor.

Neste volume ainda estreiam: Rubens, o vampiro; Rufo, o hamster mais gordo do mundo; Benito, o niilista; Rufete, o entusiasmado e Ome, o emo ao contrário. E também: a série imaginando de onde surgiu a inspiração de artistas traz Quentin Tarantino, Vincent Van Gogh e Jackson Pollock.

Outra novidade da editora é A Herança de Becker (formato 20,5 x 29,6, 128 páginas), de Magno Costa e Marcelo Costa. Uma história sobre ódio, medo e vingança. Mas também sobre família, perdão e – por que não? – amor. A graphic novel traz a saga de três irmãos lutando contra o passado – e com as decisões que tomaram na vida –, que agora retorna para assombrá-los.

A obra será publicada tanto em cada cartonada (R$ 76,00) quanto em capa dura (R$ 92,00).
Zarabatana também está relançando outro trabalho dos irmãos Costa, a premiada A Vida de Jonas, que encontrava-se com tiragem esgotada. 

Clique aqui para ler um review da obra. Fonte: UniversoHQ

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Lançamento - Revista Overdrive - Walter Junior

Overgirl e Feedback estão de volta. Em meio ao passado nebuloso, os heróis tentam levar a vida, aproveitando seus poderes para isso. Durante uma investigação espacial, uma anomalia chega à Terra em busca de uma certa “essência”.
Essa história é o pontapé inicial de uma trama que vai desvendar as origens não apenas dos heróis, mas de toda a vida existente no universo.
A revista Overdrive (formato 17 x 26 cm, 24 páginas, R$ 9,90) trará sempre histórias inéditas, contando a saga de Overgirl e Feedback, após os eventos que ocorreram em Semideuses – uma revista independente lançada em 1993. Em paralelo, uma HQ curta no final trará acontecimentos que foram a base da origem dos heróis.
Apesar da continuidade na trama geral, a intenção do autor, Walter Junior (autor de Eu, Vilão), é sempre manter histórias “fechadas” a cada edição, mesmo que sejam complemento uma da outra. Assim, quem começa a ler do número #2 ou #3, compreende o que está acontecendo.
O pré-lançamento do título será na Comic Con Portugal, em Porto, no próximo mês de dezembro, no Artist’s Alley. Confira outras informações sobre a obra no site oficial.
Fonte: UHQ

Lançamentos de Fim de Ano - Marsupial Editora

Marsupial Editora terá um final de 2017 bastante movimento, e levará muitas novidades para o seu estande na CCXP – Comic Con Experience.
Além das seis graphic novels de projetos aprovados no ProAc de 2016, que foram anunciadas no início do mês (saiba mais aqui), a editora terá outros quatro lançamentos de quadrinhos, incluindo Kong the King, obra do português Osvaldo Medina que aporta agora no Brasil – veja aqui a resenha da edição original. Todos os títulos sairão pelo selo Jupati Books.
As edições já estão em pré-venda na Amazon Brasil, com descontos de até 25%. Confira os detalhes abaixo:
Olimpo Tropical (formato 20,5 x 27,5 cm, 144 páginas, R$ 52,00), de André Diniz e Laudo Ferreira – Um inferno particular, onde o respeito virá pelo crime e a paz virá pela vingança: este é o Olimpo de Biuca. Mesmo sendo manco, o destino o ajuda: agora, ele é vigia do tráfico de drogas, com a missão de atirar nos policiais que ousarem invadir a favela pela única escada de acesso. Um Inferno camuflado de Paraíso, pelos olhos enganosos de um jovem sonhador. Uma tragédia particular; mais uma entre muitas deste Olimpo Tropical.
Matei meu pai e foi estranho (formato 17 x 24 cm, 120 páginas, 38,00), de André Diniz – Zaqueu começa com Z, a última letra do alfabeto. Deslocado por natureza e vocação, Zaqueu nasceu albino, de cabelos e pele mais que brancos, em meio a uma família de gente morena. Nasceu artista, embora a sua família nem imagine o que seja isso. É pobre, mas estuda em escola de rico – o patrão do seu pai é mesmo um sujeito generoso.
O leitor conhece Zaqueu nos seus momentos triviais e também nos marcantes: a descoberta de que seu pai tem outra família, os atritos com o irmão metido a marginal, as tentativas patéticas de desvendar o sexo oposto. Mesmo em em uma cidade de 12 milhões de habitantes, ele procura o seu lugar, talvez em vão. Pois sabe que São Paulo vai devorá-lo mais cedo ou mais tarde. Pois que venha, então.
Kong the King (144 páginas, R$ 52,00), de Osvaldo Medina – A gravação de um filme numa ilha deserta remota conduz à descoberta de um misterioso nativo com um coração tão imenso quanto o seu corpo. Levado de livre vontade para a Grande Cidade, descobrirá rapidamente que há uma fronteira muito tênue entre a fama e a glória que lhe prometeram e o circo midiático do mundo do espetáculo para onde foi atirado.
Muito além de uma simples homenagem ao clássico do Cinema, Kong the King é um “animal” completamente diferente, com momentos de ternura cativante e de crueldade profunda. Uma jornada sem uma única palavra – tal qual um filme mudo dos glamourosos anos 1920 –, que revela a qualidade da narrativa visual de Osvaldo Medina.
Coelho Nero – Reclame aqui (64 páginas, R$ 36,00), de Omar Viñole – As desventuras de Nero, o coelho mal-humorado, ranzinza, de temperamento ácido e crítico que está sempre de olho na sociedade, seus costumes, na política e no ser humano em geral.

Lançamento - Direito Autoral - Calazans - Edições Waz e AQC - SP.


A WAZ Editora -de Worney de Almeida- cuidou da edição do livro com texto ampliado e atualizado do que todo quadrinhista, cartunista ou ilustrador deve saber sobre Direito Autoral. O livro terá 92 páginas, capa colorida e miolo p/b, com diagramação de Luigi Rocco. Calazans, que também é advogado, já havia escrito a Cartilha do D.A. na década de 80, publicada pela AQC.
Flávio Calazans é Doutor pela ECA USP, publicou quadrinhos como tiras de jornal e em revistas como "Brazilian Heavy Metal" e na Editora Abril, e ábuns (Graphic Novels) como "Guerra das Ideias", Guera dos Golfinhos", "A Hora da Horta" e outros.
- Calazans foi eleito Diretor Executivo da Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas SP, 1987 onde escreveu e publicou a "CARTILHA DE DIREITO AUTORAL DA AQC" , PRIMEIRO livro sobre Direito autoral específico dos Quadrinhos do BRASIL publicado e distribuído pela Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas de São Paulo (AQC-SP), 1986 onde prestou CONSULTORIA de DIREITO AUTORAL.
-Fundador e Coordenador do Grupo de Trabalho “Humor e Quadrinhos” no Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, de 1995 a 2000, o PRIMEIRO grupo de pesquisa de quadrinhos oficial no Congresso de Comunicação INTERCOM.- Organizador do livro com pesquisas do GTHQ - Histórias em Quadrinhos no Brasil: Teoria e Prática. São Paulo, INTERCOM/Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, GT Humor eQuadrinhos, 1997. (Coleção GTs INTERCOM, v. 7) (Organizador) ISBN 85-900400-1-1;
- Calazans também escreveu o livro "Histórias em Quadrinhos na Escola" - TERCEIRA edição, editora PAULUS São Paulo, ISBN 85-349-2140-7 . PRIMEIRO livro do Brasil sobre o uso de quadrinhos para ensino em escolas.
-Membro do Juri e Jurado na I BIENAL DE HQ DO RIO , Rio de Janeiro, 1991- Calazans também escreveu o primeiro livro sobre subliminares em idioma português, adaptado de suas teses de mestrado e de doutorado na ECA USP, "Propaganda Subliminar Multimídia" em SÉTIMA edição ampliada pela Summus editorial.
Cartilha de Direito Autoral da AQC-SP
Segunda edição atualizada e ampliada - 2018 © Dr. Flávio Mario de Alcântara Calazans
Autor: Flávio Calazans
Produção e edição: Worney Almeida de Souza
Diagramação: Luigi Rocco
Capa: Luigi Rocco sobre layout de Marcial Barbás Editora: Edições WAZ e AQC-ESP (Associação de Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo)

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

A Maldição Circular, HQ de André Balaio, Luciano Félix, e Téo Pinheiro será relançada em Recife.

.Três amigas se reúnem para fazer a brincadeira do copo, também conhecida mundialmente como tabuleiro Ouija, era apenas um momento interessante, divertido, curioso, mas algo dá terrivelmente errado. A HQ clássica d’O Recife Assombrado lançada em 2012, na Coletânea de HQs “Histórias em Quadrinhos d’O Recife Assombrado“.
Segundo o roteirista Andre Balaio, a “HQ está de volta, agora em cores e com diálogos revisados. Muito mais bonita. Muito mais assustadora”.
A edição, com 20 páginas, traz Roteiro de André Balaio, Arte de Luciano Félix, e Cores de Téo Pinheiro. revista já esta à venda napágina oficial do projeto.
Chegamos a comentar a publicação da citada HQ no Canal Zine Brasil. Assim como comentamos as Revistas A Rasteira da Perna Cabeluda Malassombro, também dos autores.
Fonte: ZineBrasil

terça-feira, 21 de novembro de 2017

II Feira Literária do Projeto Autores & Livros - Parque Mall Indaiatuba.


Acontece neste sábado dia 25 de novembro das 9.00 as 16.00 horas no Shopping Parque Mall em Indaiatuba, a II Feira Literária do Projeto Autores & Livros.

Várias atrações estão programadas, como a presença de dezenas de Escritores e Quadrinhistas da cidade e região, que estarão vendendo suas publicações, autografando e batendo um papo com os visitantes.

Ainda terá Feira de Livros e Gibis, Contação de Histórias, Bate Papo, Palestras com Escritores e o espaço “Leitor Amigo”, onde os visitantes poderão doar Livros ou Gibis para a Biblioteca do Rotary Club Cocaes de Indaiatuba.

SERVIÇO:
II Feira Literária do Projeto Autores & Livros
Dia 25 de novembro das 9.00 as 16.00 horas
Shopping Parque Mall Indaiatuba.

Artistas brasileiros reinterpretam o Spirit em tributo a Will Eisner

No ano que marca o centenário de Will Eisner, artistas de todo o Brasil se reuniram em uma homenagem baseada na reinterpretação de Spirit, sua principal criação. O resultado pode ser conferido na exposição virtual 100 Spirits, organizada pelo ilustrador gaúcho Vilmar Rossi Jr.
Participam da iniciativa cartunistas, designers e ilustradores como Bira Dantas, Eduardo Vetillo, Will Sideralman, Jader Domingues Corrêa e Gilmar Fraga. A ação tem como objetivo ser um tributo à obra de Eisner, por meio de releituras das famosas capas da revista que trazia o nome do personagem. “Ele é um dos quadrinhistas mais influentes do Século 20 e se manterá neste patamar por muito tempo”, afirma Rossi.
Filho de imigrantes austro-húngaros, William Erwin Eisner nasceu em 6 de março de 1917, em Nova York, no bairro do Brooklyn. Escritor, ilustrador, empresário, pesquisador e professor, criou Spiritem 1940. A HQ narra a história de Denny Colt, detetive considerado morto, que vivia secretamente como um anônimo combatente do crime.
Uma característica das ilustrações de Eisner era a diversificação do lettering – técnica de desenho de letras combinando formas projetadas e desenhadas com um propósito específico, sem o uso de tipos – da palavra Spirit nos títulos internos das histórias. “Esse foi um ponto bastante explorado nas reinterpretações. Nossas capas respeitam as originais, mas dialogam com temas e acontecimentos atuais. Nesse contexto, o estilo do mestre representa um grande facilitador”, destaca José Borba, ilustrador porto-alegrense que assina duas obras na exposição.
Para Silvia Boriani, ilustradora italiana radicada em Curitiba/PR, a mistura de estilos em projetos artísticos colaborativos representa um processo amplo, que funciona como uma janela aberta a diferentes públicos. “Apesar do meu estilo de desenho ser diferente, a arte do Eisner sempre foi uma grande influência para mim. Adorei ter trabalhado na capa que fiz. Adaptar algo tão clássico e cartunesco a outro estilo e homenagear um mestre é bastante assustador e, ao mesmo tempo, excitante”, relata.
Confira as capas produzidas clicando aqui. Fonte: UniversoHQ